O Fluviário de Mora

O Fluviário de Mora é um aquário público dedicado aos ecossistemas de água doce, privilegiando o conhecimento da sua diversidade, importância e relação com a humanidade. Foi inaugurado a 21 de Março de 2007 e ao longo da visita ficará a conhecer algumas das espécies dulciaquícolas de Portugal da nascente até à foz, outras que ocorrem na Península Ibérica, e também da bacia hidrográfica do rio Amazonas e dos grandes lagos africanos do vale do Rift. Com a água doce como tema transversal a diversas áreas de conhecimento e culturas, a visita a este aquário é um local de sensibilização para cuidarmos desses ecossistemas que albergam uma enorme diversidade, apesar da água doce disponível em estado líquido à superfície constituir somente 0,01% de toda a água do planeta Terra.

Actividades de Férias da Páscoa no Fluviário

As actividades de férias da Páscoa chegaram ao Fluviário de Mora com o programa “Águas Transparentes para umas Férias Diferentes - Os Ovos Arco-íris" e decorrem até 19 de Abril. Para participar na actividade homónima do programa "Os Ovos Arco-íris", não é necessário marcação prévia ou pagamento de qualquer valor adicional, basta desvendar os enigmas ao longo das galerias expositivas do Fluviário de Mora e encontrar todos os Ovos Arco-Íris, pois no final poderá haver alguma surpresa deixada por um certo coelho…

A meio da sua visita encontrará a Sala de Aula do Fluviário de Mora: entre, conheça e explore as muitas actividades temáticas – livres e gratuitas – à sua disposição. Fique a saber algumas curiosidades sobre as tradições da Páscoa com “Sobre a Páscoa, eu sei…”, com o “O meu Pé de Feijão” onde os feijões ma... Ver mais

7º Prémio Fluviário de Mora - Jovem Cientista do Ano 2016

O investigador Bruno Martins Carreira, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, venceu o 7.º Prémio Fluviário de Mora – Jovem Cientista do Ano, relativo a 2016.

O prémio patrocinado pela Caixa Crédito Agrícola Moravis, instituído pelo Fluviário de Mora, distingue anualmente um aluno (de licenciatura, mestrado ou doutoramento) que publique, como primeiro autor e no ano do concurso, um artigo sobre conservação e biodiversidade de recursos aquáticos continentais (estuários e rios).


Saiba mais aqui: Prémio Fluviário Jovem Cientista do Ano